SEGUINOS:

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean

El Campeonato Regional FIA CODASUR es un evento de la Confederación Deportiva Automovilística Sudamericana - CO.D.A.SUR

PRODUCCIÓN GENERAL: Chelo Della Torre

  • chelo della torre

Erechim sigue trabajando contra la contaminación

RESUMEN: El Rally de Erechim seguirá compensando la emisión de gases de efecto "estufa" (efecto invernadero), continuando con el objetivo de recuperar "áreas verdes".

Un equipo coordinado por la FAU realiza el relevamiento y ya fueron entregados los resultados 2018. Vale la pena dar cuenta que FAU Agricultura y Medio Ambiente es un organismo fundado en el año 2010, en el norte de Erechim, y trabaja con un gran equipo de profesionales, con tecnología de última generación.

RESULTADO 2018: Se generaron 53 toneladas de gas carbónico.

COMPENSACIÓN: Se plantar 379 árboles en áreas de preservación permanente, absorviendo los gases mediante el proceso de fotosíntesis.


NOTA ORIGINAL:

Rally de Erechim seguirá realizando compensação das emissões de gases de efeito estufa

Projeto Rally Carbono Zero já recuperou mais de 60 mil metros quadrados de áreas de preservação

O Rally de Erechim tem se preocupado ao longo dos anos em compensar a emissão dos gases de efeito estufa gerados durante o evento, atualmente o maior do país no rally de velocidade e um dos mais importantes na América do Sul. Por isso, desde 2012 realiza o projeto Rally Carbono Zero.

Através dele, uma equipe coordenada pela FAU Agricultura e Meio Ambiente, realiza levantamento de toda a emissão de gases de efeito estufa gerados na realização do evento. Na última semana, a equipe realizou oficialmente a entrega do relatório do Rally de 2018, ao presidente do Erechim Auto Esporte Clube, Claudio Pagliosa.

Na última edição, foram geradas por mais de 53 toneladas de gás carbônico (CO2). Para compensar esta emissão, foram plantadas 379 árvores em áreas de preservação permanente. As árvores, através do processo de fotossíntese absorve estes gases.

Estudo do Instituto Brasileiro de Florestas aponta um cálculo de 7,1 árvores plantadas por cada tonelada de CO2 emitida, para uma compensação pelo período de 20 anos.

Realizado há sete anos, o projeto já contribuiu para recuperar mais de 60 mil metros quadrados de áreas de preservação. Para Pagliosa, esta é mais uma iniciativa que faz o Rally de Erechim se destacar. “É o compromisso que temos em vários sentidos para que o evento contribua com a sociedade, além do show que acontece nas pistas”.

Este ano, a mesma equipe que realizou o trabalho nos últimos anos, seguirá sendo parceira no desenvolvimento do Rally Carbono Zero. Edson Castro.


0 views